Reaproveitando: Porta Lápis de Fita K7

Quando me mudei acabei revirando muita coisa lá em casa e encontrando muito “material” para projetos potenciais! …nisso, tem uma quinquilharia aqui em casa esperando a sua vez!rsrs

Essa semana chegou a vez das fitas K7 se transformarem… elas são lindas, coloridas, cheias de história e merecem uma segunda chance! O projeto é fácil, rápido e prático… me acompanha que vc vai ver! Vamos precisar:

Fita K7
Ficou faltando o papelão duro na foto (sempre falta algo!rsrs)

Vá colando uma fita na outra com a cola quente, sempre encaixando a parte mais fina de uma com a parte gordinha da outra.

Fita K7

Depois de pronto, marque em um papelão firme (pode ser caixa de sapato, caixa de papelão…) o tamanho do porta lápis, corte um pouquinho menor do que as marcações (só pra não ficar no mesmo tamanho e o papelão ficar aparecendo nas laterais). Passe a cola quente e cole o fundo do porta lápis.

Porta LápisE pronto! …porta lápis super vintage estiloso pro seu escritório!

Porta Lápis K7

Anúncios

Reaproveitando Garrafas: Dica I

Sou viciada em guardar garrafas pra depois pensar em algo pra fazer com elas… sempre rendem alguma decoração legal! Vou mostrar como é fácil, divertido e barato reaproveitar esses materiais!

Você vai precisar:

Materiais

Cole as fitas na garrafa formando o desenho que quiser!

Garrafas

Passe o spray por toda a garrafa. Ao final, retire as fitas…

image

…E pronto!

Garrafa Decorada

No clima da Folia: Coroa de Flores!

O carnaval tá chegando, os bloquinhos já estão bombando… e é hora de tirar os adereços do armário! Entre as mulheres, as coroinhas de flores são sucesso… se vc ainda não tem a sua ou quer uma bem diferente, vem comigo que te mostro o quanto é simples fazer!

Você vai precisar:

Arame . Fita Floral . Flores Artificiais
Arame . Fita Floral . Flores Artificiais

Comece medindo o tamanho de arame que precisar… dê umas 3 a 4 voltas no comprimento e enrole todos transformando em um arame mais firme.

arame

Se as suas flores tiverem arame tb, é só enrolar as flores pela coroa. Se não tiver arame, vá fazendo buraquinhos pelos arames da coroa e encaixando as flores.

coroa flores

Para finalizar, passe a fita floral verde por toda a coroa, escondendo os arames e imperfeições.

Coroa floresSimples assim…

DIY

Faça Você Mesmo: Suporte para doces!

Já contei por aqui que gosto de cozinhar e receber os amigos aqui em casa… por conta disso, A-DO-RO acessórios de mesa! Meu olho brilha quando vejo um prato de bolo diferente, surto com modelos maravilhosos de taças e o coração acelera demais por guardanapos de tecido! Hoje vou mostrar que é possível “matar” algumas dessas vontades com ideias simples! Vc faz no estilo que quiser… é prático, barato, lindo e mto útil!

Você vai precisar:

03 Tamanhos de Pratos - 02 Tamanhos de Copos - Cola quente - Spray (faltou na foto!)
03 Tamanhos de Pratos – 02 Tamanhos de Copos – Cola quente – Spray (faltou na foto!)

Comece tingindo os pratos com spray na cor que desejar e deixe secar bem. Pode ser que precise de mais de uma demão para atingir a cor ideal.

Passo a Passo

A ideia era fazer um suporte todo preto… mas não resisti e acabei fazendo poás pra dar um charme!

Poás

Os copos serão a estrutura do prato… utilize a cola quente para colar o copo menor na base menor, e o copo maior na base mediana.

Cola Quente

Para colar os andares sugiro marcar antes com lápis… nem sempre dá pra acertar o centro do prato de cara!

Prato

E pronto… suporte para doces, salgados, cupcakes… ou o que quiser!!!

Suporte Doces

Dicas:

– Diversifiquem os materiais (a estrutura pode ser com copo de vidro – o de requeijão fica ótimo), criem seus desenhos… é uma ótima pedida pra quem precisa de material pra uma festa temática!

– Não coloque algo que tenha que ser partido ainda, pois pode arranhar a pintura do prato!

– Os pratos não precisam ser novos… aproveite aquele prato velho e encostado para colocar a ideia em prática!

– Ao fim da pintura, passe verniz em spray pra proteger a pintura.

Colocando o papel de parede!

Mais uma missão para aqueles que gostam de desbravar o desconhecido!rsrs… Encarei colocar  o papel de parede da sala sozinha (sozinha mesmo… sem ninguém pra segurar nem a beirada do papel!) e agora conto pra vcs td o que passei!!!

antes e depois

Primeiro dei uma pesquisada, assisti alguns vídeos, e pronto… me senti super preparada! Confesso que só me desafiei a isso pq a parede era pequena… ainda bem!!!

O primeiro passo é preparar a cola. A instrução vem com a relação metragem/cola e aí vc calcula o quanto vai precisar! Ao misturar a cola com a agua parece que tudo vai desandar e as “pelotas” nunca vão se desfazer… mas calma, é só mexer bem que em uns 30 minutos ela vira uma linda cola meio gelatinosa e lisinha!

Cola

Depois é hora de cortar o papel e ter mto cuidado ao “casar” uma beirada com a outra (o que gera um pouco de desperdício de papel). Deixe uma sobra de 5 a 10 cm para cada beirada (em cima e em baixo).

papel de parede

Enumere a ordem dos papéis e a direção pra facilitar!

numeração

Em seguida é só começar a colar… rola mta tensão na primeira folha e com isso acho que coloquei pouca cola, tive mta dificuldade de deixar tudo coladinho perfeitamente… fiquei mto tempo alisando com a espátula e régua! Na folha seguinte já consegui me ajustar com a quantidade de cola e o processo melhorou bastante! Não tem foto da folha sendo colada pq eu estava sozinha… mas simplesmente colei o papel e fui fixando com ajuda da espátula e régua. Pra passar a cola eu usei uma trincha (mas quem preferir, poder ser com rolinho).

passo a passo

O cuidado maior é casar as folhas com o desenho bem certo, a colocação tem que ser precisa pra uma folha não “encavalar” na outra, e nem sobrar uma folga entre elas (vcs já vão ver do q tô falando!).

papel de parede
Divisão entre uma folha e outra quase imperceptível

Nas tomadas, cole o papel e corte ao redor com ajuda da régua e estilete.

tomada

Considerações finais:

– Ao fazer um trabalho assim, assuma os riscos e aceite que pode não ficar perfeito (é difícil, mas pensem no orgulho de ter feito sozinho!).

– Boa vontade conta mto, mas se não for paciente e levar um pouco de jeito pra coisa… não vai ajudar!

– Não se desespere, no início as bolhas me deixaram louca, só pensava em arrancar tudo e fazer de novo… é só ter calma que elas somem! A primeira folha ficou a mais bem colocada na minha opinião!

– Planeje bem onde ficaram as divisões… eu saí colando sem pensar e uma divisão ficou no lugar mais visível da sala (e claro que foi nesse pedaço que dei uma vacilada!)… erro bobo que poderia ser evitado facilmente!

– Espere secar para cortar as sobras, pois o papel molhado picota mto!

Agora, os erros:

Erros
Papel cortado ainda molhado (picotou); folhas com pequena folga entre elas; bolhas malditas que não consegui eliminar!

 

Cara nova pro azulejo… com fita isolante!

antes e depois

Isso mesmo… nem a fita isolante passa ilesa aqui em casa! Essa ideia surgiu pelas “andanças” na internet… que mostram projetos mto bacanas feito com fita isolante. Eu não quis ousar mto… só fiz uma graça pra alegrar um cantinho da cozinha!

zoom fita isolante

Não deu pra mostrar a cozinha toda pq a bagunça do momento não deixou!rsrs… mas um dia desses ainda vou postar sobre as pequenas coisas que já coloquei na cozinha!

O passo-a-passo é delicado e exige MUITA paciência! Eu sou afobada e quero tudo pronto logo, pra ontem… então fui riscando e colocando a fita pra ir tendo ideia do resultado… mas aconselho a riscar tudo primeiro, assim o trabalho chato é eliminado de cara!

risco

Você vai precisar de uma régua, tesoura, estilete, molde e fita isolante. O molde vc faz de acordo com o tamanho do seu azulejo e da sua vontade… eu usei a aba de um envelope como molde!

molde

Vá colando a fita por partes e nas beiradas, apare com tesoura. Deixe sobras nas junções das fitas e apare com um estilete.

passo-a-passo

Podem acontecer imprevistos no caminho… quando finalizei a parede, não gostei!

parede azulejo

O desnível da quina estava me incomodando mto! dependendo de onde olhasse, parecia um borrão torto! Arranquei quase tudo, refiz… pra no fim descobrir que o melhor era deixar essa parte branca! Nisso… perdi MTO tempo!

DSC06157

Ok… mas ainda assim faltava algo! Então,resolvi acrescentar mais um zig zag entre os que já estavam prontos…

parede fita isolante

E finalmente gostei!

Decorando o quarto: Parte 1 – Stencil na parede!

image

Vale um durante e depois por aqui??? Esse projeto eu comecei assim que me mudei, o blog nem existia… então nem passava pela cabeça fotografar! A sorte é que meu desorientamento me fez passar pra outro projeto, largando esse sem terminar… e assim deu pra mostrar pelo menos um pouco da evolução!rsrs

A ideia inicial era um papel de parede nesse espaço vazio… mas com a contenção de custos a criatividade teve que fluir! Busquei algumas referencias na internet e decidi… vou fazer o meu papel de parede com “stencil”!

A busca pelo stencil perfeito foi difícil, em BH não existem muitos lugares que vendem, custei mas achei. Quando vc acaba a primeira pincelada… é pura paixão!! O resultado fica tão bom, tão fofo, tão tudo… que vc quer fazer a casa toda de stencil! Esse fogo só acaba quando vc começa a cansar e descobrir que o trabalho exige horas de dedicação e concentração. Não pode ficar torto, não pode manchar, tem que passar o rolo direitinho pra não falhar o desenho. Enfim, a idéia era fazer a parede toda, mas como escolhi um desenho delicado e pequeno, optei por fazer essas 3 faixas em cima e em baixo e colocar alguma decoração no meio (essa é a parte 2 da decoração!)… amei o resultado!

???????????????????????????????

Vc vai precisar de um stencil, rolinho de espuma, tinta, pincel (para ajudar a colocar a tinta no rolinho) e fita crepe (para fixar o stencil na parede)

A técnica é simples: fixe o stencil no local que desejar com a fita crepe. Com o pincel, passe a tinta no rolo (eu gosto de fazer assim pro rolo não ficar encharcado e a tinta fica espalhada uniformemente). Passe o rolo com tinta sobre o stencil… e pronto!!

imageNas fotos fica bem sutil, pessoalmente é beeeem mais bonito! Pra fazer você só precisa de tempo, paciência e criatividade!imageEm breve vou mostrar os outros detalhes do quarto!

Dicas:

– Não achou nenhum stencil que te agradou? Faça o seu! É só pegar uma radiografia antiga, fazer seu desenho nela e cortar com estilete!

Meu querido “Quadro de Rolhas”

Sou louca por vinho e já falei por aqui que sempre guardo as rolhas dos vinhos que tomo né!? Pois é… costumava guardar em um vidro (que já não cabia mais nenhuma) mas vira mexe vinha a ideia de fazer um quadro com moldura bem bonitinho pra enfeitar alguma parede… esse dia chegou! …e ficou tão charmoso, tão lindo, tão tudo… que vim mostrar pra vcs!

imageA ideia era fazer 3 quadros… mas ainda preciso “adquirir” mais algumas garrafas pra terminar o terceiro quadrinho! enquanto isso… vamos decorar só com 2 mesmo!

Você vai precisar:

1- Moldura . 2- Rolhas . 3- Cola Quente . 4- Tinta . 5- Pincel
1- Moldura . 2- Rolhas . 3- Cola Quente . 4- Tinta . 5- Pincel

A primeira dica é observar qtas rolhas cabem na sua moldura… eu comprei uma moldura pronta, portanto as rolhas que tinham que se adequar ao tamanho dela! O primeiro passo é fazer um “ensaio” do seu quadro, separe as rolhas na ordem que quer colocar…

???????????????????????????????

Algumas rolhas são maiores que outras, a maioria tem um padrão, mas percebi que tinham poucas menores que permitiram o encaixe completo no quadro… porém, faltaram rolhas menores e acabei tendo que improvisar cortando a beiradinha de algumas (com faca de serrinha mesmo!).

???????????????????????????????

Pinte a moldura na cor desejada e espere secar.

image

Vá passando a cola quente aos poucos e colando rolha por rolha (seguindo o seu ensaio… que você já testou e viu que td se encaixava perfeitamente!)…

image

Fácil demais né? Tô mto apaixonada pelo resultado… adoro objetos que transmitem algum significado, e com esse tanto de vinho… com certeza tem mtos bons momentos “implícitos” nesse quadro!

eudouadica

Bandeja Espelhada

Da série “quero mas não posso”… Estava doida por uma bandeja espelhada pra colocar algumas bebidas, enfeite bobo, mas cismei que queria… até olhar o preço! Só encontrei na casa do R$300, o que no momento, é desnecessário para uma bandeja!

DSC05681

Lembrei que em uma das minhas andanças pela Galeria do Ouvidor, vi uma espécie de tira com vários espelhinhos colados nela, como se fossem pastilhas. Fui atrás e encontrei a tira com vários tamanhos de espelho, escolhi 2 modelos e comprei.

Como não consegui encontrar uma bandeja toda reta em mdf cru (sempre tinham detalhes ou eram arredondadas), comprei uma caixa em mdf e dispensei a tampa (leia-se temporariamente guardada até achar alguma utilidade pra ela!).

Pra fazer sua bandeja, você vai precisar:

DSC05628
1- Caixa em MDF . 2- Cola branca . 3- Tira Espelhada . 4- Spray ou Tinta

Tinja todo o fundo da bandeja com spray (escolhi prateado pra ficar neutro), pode ser com tinta e rolinho tb. Espere secar.

image

Em seguida, use cola branca pra fixar os espelhos. Comece pelas beiradas.

image

Essa é a parte mais delicada, as quinas tem que se encaixar direitinho (observe no detalhe, que cortei as beiradas de forma diferente).

image

A parte de fora é bem simples, só passar a cola e ir colando a tira!

image

Espere secar um pouco e passe uma pano úmido para retirar as marcas de cola.

DSC05679

…e pronto, mais um item pra sua casa que vc pode fazer!!

DSC05680

Dicas:

– Para as beiradas, use uma tira com espelho menores, pois fica mais fácil para “moldar” as bordas;

– Na hora de fixar a tira no MDF tenha cuidado para não cortar a mão.

Colar curinga!

image

Sempre adorei montar bijous: colares, pulseiras, brincos… vira e mexe cismo de inventar um acessório novo. Nesse post aqui, alguma pessoas me perguntaram sobre o colar que estava usando, esse eu não fiz, mas como eu amei esse modelo de colar, uso muito e vi que era fácil de fazer… resolvi fazer um prateado pra mostrar aqui.

Você vai precisar:

DSC05585
1- Alicates . 2- Correntes . 3- Elos . 4- Fecho lagosta

Eu escolhi misturar alguns tons de prata pra dar um efeito diferente.

Comece cortando as “franjas” do colar em tamanhos iguais (fiz com aproximadamente 14cm). Cortei 28 franjinhas.

image

Pegue a corrente que será a base do colar e marque o meio dela para começar a montagem. Com a ajuda do alicate, coloque um elo na extremidade da franja e prenda no colar… agora você vai se guiar por esta franja para continuar a montagem.

image

Vá colocando franja por franja com cuidado para não deixar com aparência embolada… conseguem perceber que a corrente base está na mesma posição o tempo todo? Assim todos os elos ficam alinhados e tem menos chance de embolar! No final você terá este formato: todas as franjas alinhadas e no mesmo tamanho.

???????????????????????????????

Em uma das extremidades da corrente base, coloque um elo maior. Na outra extremidade, coloque um elo e um fecho (esse modelo chama lagosta).

???????????????????????????????

E pronto… colar lindo que vai bem com tudo e valoriza qualquer look!!! Sei que parece um pouco complicado… mas acho que é mais difícil explicar do que fazer!

???????????????????????????????

OBS: há muitos anos, eu não tinha esses alicates, então usava um alicate de unha velho… dá pra fazer, mas é o que falo sempre: a ferramenta correta facilita muito o trabalho!